Notícias

Hi Fly

Liderando a Inovação na Medicina Aeroespacial


02 Outubro 2018


A Hi Fly participou na sexta edição do European Congress of Aerospace Medicine (ECAM) realizado em Praga entre os dias 20 e 23 de setembro de 2108. O ECAM é um dos mais importantes eventos na área da medicina aeroespacial juntando especialistas e líderes internacionais do seio médico e político.

Em representação da Hi Fly, a Dra. Carla Pontes foi convidada para apresentar dois temas, um intitulado “Taking corporate social responsibility to the next level in the airplane industry: Turning the Tide on Plastic” e o outro “Return to work after cancer: Safety issues regarding innovative therapies”.

Entre centenas de candidaturas e apenas 20 temas selecionados, a Hi Fly foi a única empresa convidada a fazer duas apresentações durante o evento. A relevância e pertinência de ambos os tópicos foi extremamente aclamada e o carácter inovador da temática do plástico acabou por ser um dos temas de maior interesse e discussão entre os presentes.

“A participação da Hi Fly foi um enorme sucesso. Este evento é um espaço privilegiado de troca de conhecimento científico e uma oportunidade única de fazer chegar o nosso trabalho a todo o mundo” explica Carla Pontes. “O impacto ambiental e corporativo do plástico nunca fora antes trazido para a medicina aeroespacial e a nossa participação levantou importantes questões relacionadas com saúde pública e a necessidade de adaptação legislativa ao nível europeu e mundial.”

Com a discussão estendida a líderes da FAA e EASA presentes no evento, as contribuições da Hi Fly não se encerram com esta participação, mas estão apenas a começar. Iniciativas estão agora a ser analisadas no sentido de avançar com ajustes políticos que considerem o impacto do plástico na saúde e a necessidade de ação regulamentar.

O European Congress of Aerospace Medicine (ECAM) foi criado pela European Society of Aerospace Medicine (ESAM) e tem lugar de dois em dois anos numa cidade europeia selecionada. O tema desta edição foi ‘Trust and Care for Aviation Safety – TCAS’ e pretendeu chamar a atenção para os últimos desenvolvimentos tecnológicos, médicos e regulamentares com potencial impacto no ramo da medicina aeroespacial.

Voltar às notícias